4.1.11

ora bolas 2011

ora bem, é o meu primeiro post do ano. e nunca pensei que tivesse tanta coisa para escrever quando resumidamente é: deixei-me cair outra vez nos teus braços e o resultado foi? merda. 
não é de estranhar quando a pessoa mais estranha do mundo se tornou cheias de certezas e lutas para aqui e para ali, quando mesmo à pouco tempo era uma fraquote que nunca sabia onde desarmar as suas duvidas existenciais. o que é alarmante é que tu me tenhas feito acreditar numa coisa que mudou e que é impossível de retomar um lugar.. qualquer que seja ele, coincidente com um do outro. ainda assim, preciso de ti exaustivamente mas não te quero ter.

1 comentário: