23.12.10

é de madrugada e é isto

'há coisas que nunca se esquecem. fragmentos que se cristalizam no tempo e que nos fazem sentir o quanto já vivemos e até onde já conseguimos ser estupidamente felizes.'

2 comentários: